Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Sábado, 22 de junho de 2024 - 02h06min   <<


chamadas

Matéria 9521, publicada em 13/04/2010.


:Eduardo R. Schmitz

Alunos lotaram o palco principal da feira

Palestra fala sobre recursos gráficos em livros infantis

Eduardo R. Schmitz



Com um público repleto de crianças, o ilustrador e escrito Roger Mello apresentou ontem (12/04), a palestra “Palavra e Imagens”, na Feira do Livro. Durante o bate-papo os estudantes, maioria da 5ª série do ensino fundamental, conheceram os livros do autor e sua forma de trabalho. A fala de Roger também foi direcionada para outros presentes, além do público infantil, como nas citações de tipologias de fontes.

O autor contou suas experiências como ilustrador e escritor e suas conclusões a partir de trabalhos já realizados. “Texto bom não precisa de imagens, e imagens boas não precisam de texto”, afirma Roger, sobre o que prende a atenção na leitura de um bom livro. A Flor do Lado de Lá, seu primeiro livro, traz somente ilustrações, deixando a função de definições da história pela própria criatividade do leitor. Outro recurso apontado é a inovação de elementos gráficos, como em seu livro Carvoeirinhos, onde o formato da página faz parte da história.

Roger costuma utilizar temas presentes na cultura brasileira, vivências próprias e folclore. Animais da fauna nacional são comuns em suas histórias. Em dois dos livros apresentados aparecem pontos marcantes para o público infantil, como a presença do diabo pedindo a alma de outro personagem e um tamanduá pegando fogo. A proposta com isso é chamar a atenção do leitor para o livro.

Sua história como escritor ficou de conselho para as crianças interessadas pela escrita. Roger sugeriu guardar todos os textos feitos, para comparar no futuro. Ele também contou que graças a sua mãe tem suas criações da infância guardadas. Outra prática sugerida foi de escrever uma carta para si mesmo quando tinha menos idade. Segundo o escritor, essas técnicas ajudam a conhecer melhor a si e a sua escrita.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.