Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Terça-feira, 07 de dezembro de 2021 - 13h12min   <<


chamadas

Matéria 4420, publicada em 31/05/2007.


Enade é apenas mais uma forma de avaliação, diz coordenação

Cláudia Morriesen

Não foi surpresa para os coordenadores do curso de Comunicação Social do Ielusc quando, ao verificar o resultado do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), no dia 31 de maio, descobriram que os cursos do Ielusc alcançaram conceito 4. Apenas 17,9% dos 3.894 cursos de ensino superior avaliados chegaram a esta média — somente 29,9% dos cursos de comunicação social no Brasil atingiram os conceitos 4 e 5.

Apesar de considerar o Enade apenas mais um dos vários indicadores de avaliação do ensino, o coordenador do curso de Jornalismo, Samuel Pantoja Lima, afirma que já havia expectativas de um bom resultado na prova. Para ele, o bom conceito reflete o esforço da instituição na habilitação dos acadêmicos. “A prova estava bem elaborada, mas acredito que os estudantes tinham realmente condições de conseguir uma boa nota”, considera Pantoja.

O coordenador de Publicidade e Propaganda, Pedro Ramirez, confirma que havia a expectativa de um resultado positivo, mas emenda: o Enade é válido dentro de seu contexto, e é apenas mais um meio de avaliação. Ele acredita que a utilidade do exame é maior em termos de gestão do que para mera publicidade. “Com o resultado podemos analisar no que o curso está indo bem e com o que precisamos nos preocupar”, relata. Já o diretor do Bom Jesus/Ielusc, Tito Lívio Lermen, revela que ainda não avaliou o relatório, mas quer examinar cada um dos gráficos para compreender o resultado. Ele diz saber apenas que “o resultado foi fabuloso".

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.