Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Segunda-feira, 06 de fevereiro de 2023 - 13h02min   <<


chamadas

Matéria 9261, publicada em 11/12/2009.


Programas experimentais tiveram temas inovadores

Izani Mustafá *


Programas especiais, um informativo, uma grande reportagem e um documentário foram os gêneros radiofônicos escolhidos pelos estudantes para realizarem suas produções para a disciplina de Projetos Experimentais de Rádio 2009. Cada trabalho, com uma fundamentação teórica e com objetivos e justificativas definidas, foi concluído em 21 de novembro e depois defendido perante uma banca formada por professores do Ielusc ou jornalistas convidados pelos alunos, na semana de 1º a 4 de dezembro. A banca recebeu o projeto escrito e o programa gravado uma semana antes para fazer uma pré-avaliação.

Neste segundo semestre, 11 estudantes concluíram seus projetos dentro do prazo. Como alguns desenvolveram a atividade em dupla, foram produzidos seis programas. Daniela de Tofol apresentou “De Parintins para o mundo ver”, resultado de uma pesquisa in loco que fez a Parintins em junho de 2009. O programa especial relata as origens do festival folclórico e analisa o papel da mídia na divulgação dessa manifestação cultural. O projeto, avaliado pelas professoras Maria Elisa Máximo e Marília Maciel, recebeu a nota 10. Jouber Castro e Rayana Borba inovaram e, por serem católicos, criaram o “Visão Católica”, um informativo voltado para leigos esclarecidos e interessados na vida da igreja e na discussão dos temas da atualidade com olhar a partir de Roma. O programa voltado para pessoas engajadas na igreja católica e com possibilidades de ser veiculado na web foi analisado pelos jornalistas Ruy Ferrari e Talita Rosa. O trabalho recebeu a nota 9,5. Já os alunos Leandro Schmitz e Eberson Teodoro quebraram tabus ao apresentar o projeto “Saindo do Armário”. O programa especial contém histórias sobre as dificuldades que as pessoas têm quando se descobrem homossexuais e têm entrevistas com especialistas sobre o tema. As professoras Maria Elisa Máximo e Valdete Niehues, convidadas para avaliar o projeto, deram nota 8.

As alunas Lindanir Tomelin e Tatiane Martins escolheram o gênero documentário para narrar a história biográfica de Jorge Amado por meio do contexto histórico em que ele estava inserido, destacando suas relações afetivas e seu engajamento político. O programa intitulado “Jorge, o eterno amado do Brasil” foi apreciado pelas professoras Marília Maciel e Nara Marques que concederam a nota 9,5. Daiana Constantino optou pela grande reportagem para elaborar o projeto e produzir o programa “A arte e cultura nas mídias de Jaraguá do Sul”, onde analisa a relação das principais mídias de Jaraguá do Sul com os grupos protagonistas da cultura e da arte jaraguaense e apresenta os trabalhos culturais e artísticos do município. A banca que analisou o trabalho foi composta pelos professores Jacques Mick e Gleber Pieniz que deram a nota 8,5.

Margaret Paim e Maria José Alves preferiram criar um programa especial com caráter social e voltado para a comunidade joinvilense e região Norte. O “Hora da Comunidade, com o tema educação, trata do programa Escola Aberta nas escolas municipais e estaduais como espaço alternativo para o desenvolvimento de atividade de formação. Para avaliar o trabalho, que obteve a nota 7,5, elas convidaram a professora Márcia Amaral e o radialista e apresentador da Rádio Globo AM J. Martins.

Todos os Projetos Experimentais de Rádio (projeto escrito e o áudio do programa), de 2004 até 2009, estão no acervo do Ielusc, no estúdio de rádio, e podem ser consultados por estudantes, professores e interessados. Para ouvir os programas de 2009, clique nos links abaixo:

De Parintins para o mundo ver
Parte 1
Parte 2

Visão Católica
Parte 1
Parte 2

Saindo do armário
Parte 1
Parte 2

Jorge, o eterno amado do Brasil
Parte 1
Parte 2

A arte e a cultura nas mídias de Jaraguá do Sul
Parte 1
Parte 2

Hora da Comunidade
Parte 1
Parte 2


* Professora das disciplinas teórica e práticas de rádio do curso de jornalismo e uma das coordenadoras da Revi.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.