Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Sábado, 22 de junho de 2024 - 02h06min   <<


chamadas

Matéria 2965, publicada em 16/10/2006.


:Jouber Castro

Aloísio gostou do atendimento de voluntários

Evento conta também com exames e massagem relaxante

Jouber Castro


A praça de eventos do Shopping Cidade das Flores tomada por stands de entidades e empresas. É mais uma edição do Sesc Saúde, evento promovido para fomentar hábitos mais saudáveis e maior qualidade de vida do cidadão. De março a novembro, desde 2000, a terceira segunda-feira do mês é a data de os voluntários prestarem serviços e orientarem quem passa pelo local, tudo gratuitamente.

“A freqüência maior”, disse Geize Guimarães, do Sesc, uma das responsáveis pela organização, “é da terceira idade, que vem numa edição e sempre acaba retornando nas demais”. O sistema é organizado de maneira a dar assistência continuada a quem visita o evento, que tem média de público de 300 pessoas por mês. Quem for ao shopping até as dez da noite receberá uma senha e será, individualmente, chamado ao estande do Sesc, onde preencherá uma ficha de dados pessoais e físicos, e receberá uma carterinha. Em seguida, será encaminhado ao espaço de cada uma das entidades parceiras do projeto, onde obterá orientações sobre temas ligados à saúde e ao bem-estar, desde aproveitamento integral dos alimentos (atividade paralela da programação da II Semana Mundial da Alimentação) até linhas gerais sobre epidemiologia, alergias, diabetes, doação de córneas e imunização. Ainda existe a possibilidade de realização de um teste de acuidade visual, além de uma massagem relaxante. Além de tudo isso, segundo Geize, o que acontece é um acompanhamento mensal de quem vai ao evento, com medição de pressão e índice de massa corpórea, registrados na carteirinha.

O satisfação no rosto de Aloísio Philippe demonstrava que o atendimento e as orientações estavam sendo bem-vindas. “As pessoas ajudam, mas a gente tem de se cuidar”, disse o sorridente vovô. “E você, quantos anos acha que eu tenho?”, perguntou ao repórter. Este chutou 60, mas a resposta correta era 71, deixando claro que os cuidados com a saúde fazem a diferença.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.