Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Terça-feira, 07 de dezembro de 2021 - 12h12min   <<


chamadas

Matéria 2962, publicada em 16/10/2006.


:Letícia Caroline

Nutricionistas ensinam como ter hábitos alimentares saudáveis

Atividade faz parte da 2ª Semana Mundial de Alimentação

Letícia Caroline


Quem chegou ao Bom Jesus/Ielusc nesta segunda-feira, 16 de outubro, e passou pela quadra um, deve ter se assustado ao ver um caminhão estacionado no lugar dos carros dos professores. Pelos desenhos de frutas e verduras estampados na lataria do automóvel era possível saber do que se tratava. O Bonja recebe, durante esta semana, a visita do projeto Sesi Cozinha do Brasil. A atividade realizada na instituição faz parte de um evento maior que acontece na cidade: a 2ª Semana Mundial de Alimentação.

Duas nutricionistas ministram cursos para quatro turmas durante todo o dia. O assunto é alimentação. Como comer corretamente, como reaproveitar alimentos, são alguns dos temas tratados nas aulas, em tom descontraído. O caminhão serve de cozinha e estará completamente montado amanhã. A população em geral pode participar. Na turma da tarde de segunda-feira era possível ver estudantes de nutrição e enfermagem, além de merendeiras de escolas públicas.

Roberta Ribeiro, uma das nutricionistas da equipe, explica que eles têm dois tipos de cursos. Um chama-se multiplicador e é voltado mais para merendeiras. O curso é aprofundado – quatro horas e meia - , e ao final os participantes ganham um livro de receitas para passarem seus conhecimentos adiante. O outro é o de educação alimentar, mais simples, com duração de duas horas por dia.

O projeto do Sesi vem de Florianópolis e tem apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome para viajar o estado todo. Em Santa Catarina, a iniciativa teve lançamento em julho de 2005. Roberta Ribeiro diz que durante um ano, as equipes – que se renovam constantemente – já passaram por mais de 30 cidades, formando 6 mil alunos. Só em Joinville o Sesi Cozinha do Brasil já esteve cinco vezes.

Na sexta-feira o curso também chega ao fim. Os participantes receberão diploma e um livro de receita. Para a nutricionista, o trabalho é importante para que as pessoas saibam alimentar-se bem e evitem o desperdício de comida. “O projeto tem reunido muita gente no estado inteiro. É importante porque quem faz pode passar o que aprendem para outras pessoas”, destaca Roberta.

A Semana Mundial de Alimentação prossegue até sexta-feira, 20 de outubro, com atividades por toda a cidade. A 2ª Semana Acadêmica de Nutrição, também faz parte da programação e inicia na terça-feira, 17 de outubro, no Anfiteatro do Bom Jesus/Ielusc, na unidade Saguaçu.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.