Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Terça-feira, 30 de novembro de 2021 - 06h11min   <<


chamadas

Matéria 9068, publicada em 22/10/2009.


:Divulgação

Ielusc é a única escola de Joinville a participar do projeto

Campanha sobre corrupção mobiliza alunos e professores

Emanoele Girardi



Promovido pela Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), o projeto “O que você tem a ver com a corrupção?” escolheu o Bom Jesus/Ielusc como a única instituição de Joinville para participar do ciclo de debates com alunos, pais e professores. A campanha tem abrangência nacional e pretende colaborar na prevenção à ocorrência de novos atos de corrupção através de um trabalho de conscientização, com foco em dois pontos principais: acabar com a impunidade e educar e estimular as novas gerações.

O projeto se desenvolve com a participação de estudantes do ensino fundamental, médio e superior. Cada série trabalhou o tema corrupção em áreas diferentes e de maneiras adequadas para a idade. No ensino fundamental, por exemplo, os alunos de quarta série estudaram a corrupção na escola; a quinta série, na família; a sexta série, no meio ambiente; a sétima série estudou o ser humano e a oitava série, focou seus estudos na corrupção na política. O resultado será apresentado para os pais na sexta-feira (23 de outubro), na Unidade 3, no Saguaçu.

A diretora do ensino médio Sônia Sant'Ana, a professora de Filosofia Márcia Suely Corgozinho Amaral e o professor de Sociologia e Filosofia Alfons Gosser – mentor intelectual do projeto na instituição – trabalharam nos meses de agosto, setembro e outubro com os alunos do ensino médio para a elaboração de uma cartilha feita em três etapas. Nas turmas de primeiro e segundo ano, Gosser trabalhou com textos de Kant, Vico e Hannh Arendt falando sobre a corrupção. Já a professora de Redação Regina Mocellin de Farias desenvolveu textos com os alunos de segundo e terceiro ano sobre a questão “A corrupção faz parte da nossa cultura?”. Na terceira etapa, cada um dos professores do primeiro ano ficou responsável por um grupo de 15 a 17 alunos que discutiram os 77 textos resultantes do trabalho da professora Regina e elaboraram a cartilha, enquanto o terceiro ano responsabilizou-se pela organização de seminários. A cartilha ainda contará com a participação de três trabalhos dos acadêmicos de Publicidade e Propaganda que desenvolveram projetos para divulgar valores nas aulas de Filosofia.

A apresentação dos seminários será mediada pela professora Raquel Migliorini de Matos e acontecerá também na sexta-feira (23 de outubro), às 8h15, na Unidade Centro do Ielusc. A abertura do evento será feita pelos professores Roberto Luiz Carneiro Jr. e Alfons Gosser, que elaboraram um texto relacionando a corrupção nos campos da filosofia, química e física. Além dos professores, o diretor do Hospital São José Renato Monteiro, a arquiteta Rosane Hoepfner, o gerente da Caixa Econômica Federal Roberto Luiz Carneiro e o promotor Affonso Ghizzo Neto – coordenador do projeto “O que você tem a ver com a corrupção?” – participarão como palestrantes.

Márcia Amaral explica que os alunos se dedicaram ao projeto e aprenderam muito com o seu desenvolvimento. “Nós estamos acostumados a associar a corrupção a coisas grandes mas, na verdade, ela está nos atos do dia-a-dia, o problema é a banalização”, afirma a professora.

Em função da coincidência de datas com a Semana Acadêmica de Comunicação Social, a discussão do projeto “O que você tem a ver com a corrupção?” com o ensino superior foi marcado para o dia 10 de novembro.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.