Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Sábado, 04 de dezembro de 2021 - 05h12min   <<


chamadas

Matéria 7992, publicada em 12/03/2009.


Coral do Bom Jesus/Ielusc abre seleção para novas vozes

Luiza Martin


Alunos do Bom Jesus/Ielusc podem concorrer a oito bolsas do coral mantido pela instituição. As inscrições para o preenchimento das vagas serão aceitas até 19 de março, pela internet. No edital é expressa a necessidade de três vozes femininas (uma soprano e duas contraltos) e de cinco vozes masculinas (dois tenores e três baixos). A audição ocorre em horário agendado no momento da inscrição, no dia 19. Como contrapartida à presença nos ensaios e nas apresentações do coral, os alunos receberão 20% de abono no valor da mensalidade, respeitando o teto de 24 créditos.

O coral é aberto à participação do público, mas essa seleção prevê remuneração e é exclusividade dos alunos do Ielusc. Quem se candidatar deve ter disponibilidade para se apresentar com o grupo e para comparecer aos encontros, marcados às terças-feiras das 17h30 às 19 horas e às quintas-feiras, das 18 às 19 horas. O estudante só receberá o desconto se tiver frequência equivalente a 80% da carga horária e estiver com as mensalidades em dia.

Durante a avaliação vocal, estarão presentes apenas a regente do coral, Marilene Sprogis, e o candidato. Ela afirma que “não é preciso ter conhecimentos técnicos” e que a audição consiste na “verificação das capacidades vocais”, principalmente do tipo de voz e da afinação. Independentemente desta seleção, os alunos que já tiverem bolsa ou que não se encaixarem nos requisitos estipulados têm oportunidade para fazer parte do coral, mas sem remuneração. Cerca da metade do grupo atual é composto por pessoas da comunidade joinvilense e que não integram o meio acadêmico. A outra metade restante agrega ielusquianos, tanto professores quanto alunos, que são na maioria pertencentes aos cursos de Comunicação Social. A média de componentes do coral chega a 30 integrantes, de acordo com Marilene, mas “no final do ano o número sempre diminui”.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.