Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Quinta-feira, 02 de dezembro de 2021 - 21h12min   <<


chamadas

Matéria 7965, publicada em 04/03/2009.


:Divulgação

Primeira turma de nutrição é formada só por mulheres

Luiza Martin


Dos 45 integrantes da primeira turma do curso de nutrição do Bom Jesus/Ielusc, apenas um era homem. Ele continua estudando, mas não se formará no dia 14 de março de 2009, junto às 28 formandas. A colação de grau acontecerá às 10 horas e o baile às 23 horas, ambos no Restaurante Rudnick. A festa terá 750 convidados, que receberão convite especial. A noite do festejo será interrompida para um café com frutas às 3 horas. Todas as despesas serão pagas com o dinheiro arrecadado pela comissão de formatura — quantia que chega a 40 mil reais.

Sandra Ana Czarnobay, formanda da turma de nutrição e componente da comissão, afirmou que os ingressos para o baile, por serem simples demais, foram reformulados. “Agora eles são feitos de papel vegetal e têm um carimbo no verso”, comentou ela, que justifica a mudança: “Havia um boato de que os convites seriam clonados”. Por isso, os 20 cartões entregues na unidade centro do Bom Jesus/Ielusc, destinados a professores e funcionários, serão trocados.

Em nome do grupo de formandas, Sandra, que tem 45 anos, dos quais quatro foram vividos em convivência com suas colegas estudantes de nutrição, declarou que “a diretora foi incansável ao atender todas as necessidades e reivindicações das alunas”. Não é à toa que o primeiro grupo a se formar tem como “nome de turma” Márcia Schneider, escolhida por votação para ocupar esse posto. Outras três professoras foram lembradas. Laila Marques Coelho, nomeada paraninfa, se responsabilizará pelo discurso dos professores. Maria Madalena Trisotto ganhou o título de “amiga da turma”. E Neiva Inês Medeiros será a “professora homenageada”.

Da trajetória no curso de nutrição “tudo foi positivo, inclusive as reivindicações”, de acordo com Sandra. No segundo ano de estudos a turma foi transferida para a unidade Saguaçu, que não contava com climatizadores de ar nas salas. “Eram dias de calor como os dessa semana [a primeira de março de 2009]. Nos reunimos na portaria do Saguaçu, em protesto. Não fomos para a sala”, relatou. Até que os condicionadores de ar fossem instalados — o que levou um mês — as alunas acompanharam as aulas no prédio central do Bom Jesus/Ielusc. A “ironia” ficou por conta do clima, pois quando retornaram já era inverno. Sobre o bom tempo no curso, Sandra conclui: “Nossa turma ficará para história”.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.