Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Domingo, 05 de dezembro de 2021 - 09h12min   <<


chamadas

Matéria 6752, publicada em 25/08/2008.


:Ariane Pereira

Felipe Silveira, o relações públicas do diretório

Dacs convoca assembléia para quinta-feira

Ariane Pereira


A sigla do Dacs (Diretório Acadêmico Cruz e Sousa) continuará a mesma, mas o nome — que se pretende mudar para Chico Science — entrará em votação numa assembléia a ser realizada dia 28 de agosto, às 19h, na biblioteca Castro Alves. Também estará em pauta a transferência da eleição do Dacs para dia primeiro de novembro, após a Semana Acadêmica, visando facilitar a organização do evento para as futuras chapas. Esta é a segunda tentativa do diretório de fazer uma assembléia para resolver essa questão, pois na primeira não houve quórum. Em relação à Semana Acadêmica, o diretório mais uma vez convidará os alunos a participar, além de informar sobre o andamento da programação.

A idéia de mudar o nome do DA surgiu em 2007, quando o aluno de Publicidade Fernando Sá, autor da sugestão, fazia parte do diretório. Segundo a primeira edição do jornal mural do Dacs — que saiu em agosto —, isso seria uma homenagem ao ex-líder da banda Nação Zumbi, falecido em 1997, “com todo o respeito ao poeta catarinense” Cruz e Sousa.

Uma novidade do DA é o jornal do Dacs, que será quinzenal. O objetivo do jornal é informar aos estudantes do Ielusc as atividades do diretório. Segundo o relações públicas do Dacs, Clayton Felipe Silveira, ainda não foram divulgadas informações sobre a Semana Acadêmica porque algumas coisas ainda não estão definidas e o diretório está procurando “atrações-reserva”, caso alguma das oficiais falhe. O visual do jornal mural também ainda não está definido, e as turmas de Meios Impressos I, do quarto semestre de Jornalismo, receberam a tarefa de idealizar um projeto gráfico para a iniciativa do Dacs. Para Felipe, esta é uma forma de fazer com que os alunos participem do DA, e uma atividade como esta, até ele gostaria de fazer.

Comentários dos leitores
 

  • 8-/-0/2008 -

    Felipe (Felps)[Joinville]:

     

    Votação.

     

    De qualquer forma, será votado. O que for decidido será aceito. Esse debate pode ser um bom espaço para os argumentos prós e contras. Só peço, Borges, que as comparações infelizes fiquem no primeiro comentário. É um desrespeito sensasionalizar desse jeito.

  • 8-/-0/2008 -

    Felipe (Felps)[Joinville]:

     

    Réplica.

     

    Há, sim, Borges. Mas há também o fato de que a escolha do nome de organizações, entidades, e esse tipo de coisa, se dá por algum motivo. Pode ser uma homenagem, pode ser uma escolha estética, quem sabe? Pode ser porque simplesmente aquele sujeito que teve a idéia de montar um DA no Ielusc achou legal. Bom, o Kennedy Nunes está aí pra gente perguntar. Mas pode ser também porque há uma identificação entre a persona que dá nome à entidade com os ideais daquele grupo. Eu penso que a última é a mais adequada. Contestar, criar, unir são verbos que o Dacs gostaria de ver nos leads de matérias que saiam sobre ele. Um dia a gente chega lá.

  • 8-/-0/2008 -

    Borges de Garuva[Joinville]:

     

    "Com todo o respeito...?".

     

    Haverá mesmo, por trás da proposta, respeito ao poeta? Isto de mudar, sem uma razão justa, as decisões do passado me lembra uma série de coisas: o faraó monoteísta Akhenaton demolindo os deuses e templos de seus antecessores politeístas; o aportuguesamento furioso dos nomes das ruas de Joinville durante a campanha de nacionalização; a devastação das praças Dario Salles e da Bandeira pelos paisagistas da prefeitura de Joinvile, em meados dos anos 80; a voracidade dos arquitetos "desterritorializados" na demolição do patrimônio histórico etc. Havia ou há razões? Sim. Justas? Sei lá. Tenho minhas dúvidas.

  • 800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.