Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Domingo, 13 de outubro de 2019 - 23h10min   <<


chamadas

Matéria 6357, publicada em 09/06/2008.


Galeria cronológica de fotos

Fotos cedidas pela Casa do Poeta


Foto posada de Lindolf com seus pais Theodor e Amália Bell em meados dos anos 1940.


Bell se formou em contabilidade no colégio Santo Antônio, de Blumenau, durante o ano de 1955.


O poeta também serviu ao Exército em 1959. Certa vez, durante um perfilamento, Bell declamou uma poesia e conseguiu despertar a admiração dos militares superiores.


Lindolf Bell é fotografado junto a companheiros, com os quais trabalhou em um escritório de contabilidade na São Paulo da década de 1960.


Elke Hering e Lindolf Bell juntos nos anos 60.

Além de soldado e poeta, Bell também se aventurou em palestras. Desta, ele participou na década de 60.


Em cena, declamando no Teatro de Arena, no Rio de Janeiro, em 1964.


Retrato do poeta aos 27 anos, em 1965.


Lindolf autografa na década de 70, período em que publicou As Annamárias.


Três gerações reunidas: Theodor, Pedro (o filho caçula) e Bell


Lindolf Bell, nos anos 70, e a catequese poética nas ruas de Blumenau.


Declamou em local fechado também, durante a década de 1970


Lindolf e Elke são fotografados na galeria Açu-açu, em Blumenau. Nos anos 70, ainda estavam casados.


O poeta morou em Timbó ao longo da década de 80. Nesta foto ele passeava pelo jardim de sua casa.


Flagrado em momento de criação durante a década de 90. Em 1994, lançou seu último livro: Requiem.



800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.