Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Sábado, 04 de dezembro de 2021 - 06h12min   <<


chamadas

Matéria 6114, publicada em 08/05/2008.


:Luiza Martin

Jurados se concentram nos trabalhos

Treze trabalhos concorrem ao prêmio Exit/Ielusc

Luiza Martin


Peças com idéias fracas e boas direções de arte compuseram, segundo alguns jurados, as opções para ganhador da 4º edição do prêmio Exit/Ielusc. Às 19h do dia 7 de maio, na sala C-21, eles se reuniram e individualmente cotaram as composições de 0 à 10 em quatro quesitos: coerência com o briefing, conceito das peças, direção de arte e redação. Precisaram de uma hora para dar nota aos 13 trabalhos inscritos, que foram regidos pelo tema “Aposte nos novos publicitários”.

André Alves de Oliveira, Antônio Pinto, Francine Bueno, Paola Stumpf, Ricardo Servan e Sérgio Zanetti eram os publicitários responsáveis por julgar os trabalhos. Cada um dos seis jurados recebeu uma prancheta com formulários, onde as notas foram preenchidas. Todos circularam ao redor das mesas com as obras, que foram divididas em quatro categorias: anúncio para revista, outdoor, mídia alternativa e campanha. Esta última é conjunto das três subdivisões anteriores.

Foram seis candidatos com trabalhos na categoria campanha. Um deles, intitulado “Tem gente que é”, levou duas composições, totalizando sete conjuntos avaliados. Por anúncios em revista, três se interessaram. Na mídia alternativa concorreu um jogo chamado “Super Publicitário” – da mesma linha de Super Trunfo – e um saquinho de sementes portador da mensagem: “Os bons frutos nasceram de uma semente”. Também houve apenas dois participantes da categoria anúncio em outdoor.

"Os trabalhos pecam no conceito” mas têm uma "boa direção de arte", disse o diretor de arte da PEB (Pólo, Equipe & Borghoff), André Alves de Oliveira. Assim como ele, pensou Antônio Pinto professor do curso de publicidade e propaganda do Ielusc, que acrescentou: “Está saindo uma boa geração de diretores de arte”. Mesmo os trabalhos estando “fracos” e com erros “básicos” – segundo Ricardo Servan, da Exit –, Francine Bueno, da Z/Quattro, reconheceu que cresceram em relação há quatro anos atrás (época do primeiro prêmio Exit/Ielusc).

A campanha número cinco, de título “Nunca foi estagiário?”, despontou como a mais citada entre os jurados. A redatora da Exit Paola Stumpf julgou que ele “provoca identificação com o meio publicitário”. Sérgio Zanetti, integrante da criação da agência PEB, considerou a abordagem bem humorada e inteligente – mas disse que faltou fechar a idéia no conceito “aposte em novos publicitários”. O outdoor “Novas soluções para problemas antigos” também encantou Sérgio, que faria ajustes no fundo muito poluído e colocaria a cor branca como apoio para as formigas do anúncio.

Comentários dos jurados à parte, a expectativa continuará até quando o vencedor for revelado, o que só acontecerá dia 9 de maio no Tannenhof. Todas as peças inscritas e avaliadas estarão expostas no saguão do hotel durante o Eppa (Encontro de Publicidade e Propaganda Acadêmico).


Confira a opinião dos jurados sobre os trabalhos


800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.