Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Domingo, 05 de dezembro de 2021 - 08h12min   <<


chamadas

Matéria 5341, publicada em 19/11/2007.


:Djulia Justen

JB: na final outra vez

Alunos de jornalismo finalistas em prêmio literário

Maellen Muniz


Dois alunos de jornalismo são finalistas do 4º Prêmio Joinville de Expressão Literária, que será entregue nesta quarta-feira, 21 de novembro: João Batista da Silva, o JB, e Luiz Donizete Mendes. O concurso é uma parceria entre Döhler, Proler (Programa Nacional de Leitura) e Univille e premia os melhores trabalhos nas categorias Conto/Crônica, Poesia e Escolar – esta última criada no ano passado para estimular alunos de quinta a oitava série a ler e escrever.

Esta é a terceira vez que JB inscreve seus textos no concurso. No ano passado arrematou o terceiro lugar em Conto/Crônica e ficou entre os dez melhores na categoria Poesia. Agora concorre novamente nas duas categorias, para cada uma das quais enviou três textos. JB faz parte do grupo literário Zaragata, escreve ficção desde o colégio e há aproximadamente quatro anos resolveu encarar seu lado escritor. Ele explica que a inspiração vem das situações cotidianas que encontra no trabalho, na faculdade e nas ruas da cidade. O jovem escritor está bastante otimista quanto à premiação, mas ainda não sabe o que fará com o prêmio caso ganhe.

Luiz Mendes gosta de escrever contos e poesias e há três anos iniciou a carreira de escritor. Em 2005 foi classificado em terceiro lugar no concurso e sua obra foi publicada - a organização lança um livro com os textos premiados a cada dois anos. Neste ano Mendes concorre apenas na categoria Poesia. Assim como JB, está satisfeito com o trabalho inscrito e crê que tem grandes chances de ser premiado. Confessa ser um leitor voraz e diz que o fato de fazer jornalismo contribui para a composição de contos e poesias, pois abre oportunidade de conhecer novos estilos literários.

O prêmio nas categorias Conto/Crônica e Poesia é de R$ 1.000 para o primeiro lugar, R$ 500 para o segundo e R$ 300 para o terceiro. Todos os prêmios são acompanhados de brindes da Döhler. Na categoria Escolar, o vencedor ganha R$ 200 e a escola na qual estuda recebe um kit de livros. 

A premiação do concurso ocorrerá no Hotel Tannenhoff às 19h. O evento contará com a presença do Madrigal Belas Artes e da escritora peruano-brasileira Glória Kirinus, que ministrará na Livraria Midas, às 15h, uma oficina para professores de quinta à oitava série do ensino fundamental. Logo depois, às 17h, a autora lançará o livro “Quando as Montanhas Conversam”.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.