Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Sábado, 04 de dezembro de 2021 - 05h12min   <<


chamadas

Matéria 4810, publicada em 05/09/2007.


Monografia amanhã: a semana não acabou

Clayton Felipe


“Mas tudo passa, tudo passará”, já cantava Nelson Ned. Exceto a semana de monografias, que neste semestre contará com apresentações à medida em que forem entregues. Amanhã, 5 de setembro, Sarah Louise (Jornal) defende a primeira monografia dessa minissafra. A pesquisa é sobre a repetição de notícias no Jornal Nacional. Na próxima semana, no dia 12, é a vez de Carolina Burg (Jornal) apresentaruma análise sobre as reportagens do portal G1. Essas defesas vão acontecer durante o semestre porque um grande número de alunos não conseguiu entregar no prazo estipulado para 11 de julho.

Sob a orientação do professor Ângelo Ribeiro, Sarah defende o trabalho “A estética da repetição e o ineditismo na editoria política do Jornal Nacional”, às 19 horas, no anfiteatro. A autora vai começar a apresentação falando sobre a motivação para a pesquisa: “A sensação de que as notícias do JN são sempre iguais”. Para fazer o estudo, Sarah usou os teóricos Omar Calabrese (sobre repetição) e Nelson Traquina e Nilson Lage (sobre critérios de noticiabilidade, principalmente o ineditismo). Além de Jacques Mick, a banca conta com um convidado especial: Fernando Crocomo, professor de telejornalismo na UFSC e “um dos principais pesquisadores da TV digital no país”, segundo Ribeiro. Sarah conta que já faz a monografia há um ano e revela o motivo do atraso: “Atrasei porque casei”.

Já no dia 12 Carolina Burg apresenta o trabalho “Reconfigurações da narrativa jornalística com o uso do hipertexto: Uma análise das reportagens do G1”. A orientação é de Juciano Lacerda e a banca é composta por Sílvio Melatti e Ângelo Ribeiro. A defesa ocorre às 17 horas e o local ainda não está definido. Carolina justifica o atraso ao dizer que primou pela qualidade: “Eu e meu orientador decidimos que ainda havia algumas coisas para acertar no trabalho”.


800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.