Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Terça-feira, 05 de março de 2024 - 01h03min   <<


chamadas

Matéria 4515, publicada em 21/06/2007.


Biblioteca Felipe Tiago Gomes

Eva Croll

Os alunos e funcionários do colégio Elias Moreira e da Faculdade Cenecista não têm desculpa para não ler. O sistema implantado na biblioteca Felipe Tiago Gomes, que atende tanto à escola quanto à universidade, não exige cadastro de usuários: basta que cada membro da comunidade estudantil apresente seu crachá ou carteirinha para retirar livros.

O acervo conta com 37.062 volumes, distribuídos em 17.933 títulos e 367,56 metros quadrados. Periódicos – são 74 títulos -, fitas de vídeo, CDs e DVDs também dividem o mesmo espaço. Além disso, há mais 8 mil livros em estoque, que passarão da poeira às prateleiras assim que a reforma da biblioteca for concluída. A ampliação, que deverá deixar o local com 722,78 metros quadrados, tem conclusão prevista para o mês que vem.

Há seis anos, é a bibliotecária Jakeline Emer que coordena o espaço. Segundo ela, antes de assumir o cargo, o acervo total contava com cerca de 14 mil obras, representando um crescimento de 93,3%. A inclusão de mais livros nas estantes foi possível graças a levantamentos que Jakeline realiza a cada semana. Por meio de dados retirados do sistema, é possível constatar quais são os materiais mais requisitados, e se a quantidade disponibilizada na biblioteca é compatível com o número de pedidos. É com base nesses números que Jakeline realiza as compras, além de ouvir, também, as indicações de professores. É como se a cada dia fossem comprados cinco livros.

A biblioteca, além de estar à disposição dos 5 mil alunos, também é aberta à consulta da comunidade. Todos os meses são traçados gráficos de empréstimos. No mês de maio, 8.013 obras tiveram a estadia de, pelo menos, uma semana em alguma casa.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.