Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Sábado, 04 de dezembro de 2021 - 04h12min   <<


chamadas

Matéria 3055, publicada em 23/10/2006.


:Eva Croll

Emilim Schmitz recebeu o Grand Prix de telejornalismo

Quatro trabalhos ganharam o grande prêmio do evento

Cláudia Morriesen


A noite do dia 20 de outubro iniciou com premiações e terminou em festa para os acadêmicos de comunicação social do Bom Jesus/Ielusc. Alguns foram receber prêmios, outros foram prestigiar os colegas premiados e as apresentações musicais do show de talentos. O encerramento do 2º Festival Acadêmico de Produção pode não ter preenchido os 500 lugares do teatro Harmonia Lyra, previstos pela comissão organizadora, mas empolgação não faltou ao público presente.

Seis equipes saíram do evento premiadas com o primeiro lugar nas categorias de publicidade e propaganda. Os trabalhos vencedores variaram de comerciais engraçados como "Semana morte certa" — primeiro lugar na categoria VT Promocional — a anúncios sérios, como "Sofra por este prazer", campanha contra o consumo do cigarro que levou o primeiro lugar entre os VTs institucionais e o Grand Prix em publicidade, com a maior nota entre os 15 trabalhos inscritos na modalidade.

A produção em rádio foi destacada tanto em publicidade quanto em jornalismo. Na publicidade em rádio o trabalho premiado foi "Ferramentas de valor", um jingle feito para os escoteiros do grupo Ronaldo Dutra. No jornalismo foram inscritos 12 programas, divididos em três categorias: radiojornal, radionovela e informativo. A edição especial sobre cultura, produzida para o Macrofone, programa veiculado na Rádio Udesc FM de Joinville (91.9), foi a vencedora do Grand Prix. Entre todos os trabalhos, foi o que obteve a maior nota dos jurados, formado por três jornalistas com experiência em rádio.

Com dois trabalhos premiados, Emilim Schmitz recebeu o Grand Prix de telejornalismo pela matéria sobre terapia hiperbárica. A acadêmica ficou com o primeiro e o terceiro lugares na categoria, também premiada pela reportagem “Orquídeas em Joinville”.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.