Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Domingo, 05 de dezembro de 2021 - 09h12min   <<


chamadas

Matéria 2950, publicada em 13/10/2006.


:Montagem: Roelton Maciel

Sacco, Joel e Capote: trio de peso na Semana Acadêmica

Do novo jornalismo ao jornalismo em quadrinhos

Tiago Luis Pereira


Sob o título de Comunicação e Literatura, a semana acadêmica deste ano abre espaço para um estudo mais aprofundado de três autores essenciais do jornalismo literário: Truman Capote, Joel Silveira e Joe Sacco. Nos dias 17, 18 e 19, a partir das 19h30, a sala C-27 se transformará em um espaço de leitura, estudo e discussão do trabalho desses autores tendo em vista suprir as — inevitáveis — lacunas deixadas pela superficial abordagem que eles recebem em sala de aula.

Silvio Melatti, professor de redação, abordará, na primeira noite, a obra de um dos mais antigos praticantes do jornalismo literário brasileiro: Joel Silveira. Com mais de 40 livros publicados e agraciado com, entre outros prêmios, o mais importante da Academia Brasileira de Letras (Prêmio Machado de Assis, em 1998), Joel fazia new journalism antes mesmo desse conceito ter nascido. Ou seja, é precursor do que depois Gay Talese, Tom Wolfe e companhia transformariam em movimento pensado e organizado. Três textos indispensáveis da obra de Joel serão destacados e apresentados ao público pelo professor Silvio Melatti.

Na quarta-feira, 18, quem comanda a discussão é o também professor de redação Jacques Mick. O autor em foco é o norte-americano Truman Capote. Para aproximar a obra desse jornalista-romancista do público, o professor Jacques fará leituras e exibirá trechos do filme “Capote” (inspirado na biografia de Truman) e de uma entrevista com o autor. Com uma vida relativamente curta (1924-1984) e marcada pelo alcoolismo, Truman Capote deixou como legado, entre outros romances, um best seller do jornalismo literário: "A Sangue Frio", que conta com impressionante minúcia a história real de um brutal assassinato cometido nos Estados Unidos no final da década de 50.

Jornalismo em quadrinhos é o tema do último dia de conferências sobre comunicação e literatura.Quarta-feira, o professor de teoria do jornalismo, ética e história da arte Gleber Pieniz apresenta a obra de Joe Sacco, ícone desse gênero que mistura HQ, literatura e jornalismo. Nascido em Malta em 1962, Joe cresceu nos Estados Unidos, onde se formou em jornalismo pela Universidadae de Oregon em 1981. “Palestina - Na Faixa de Gaza” e “Uma História de Sarajevo” (publicados no Brasil pela Conrad Editora) são alguns dos seus trabalhos que lançaram as bases para a forma de se narrar eventos reais através de seqüências de quadrinhos.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.