Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Sábado, 04 de dezembro de 2021 - 06h12min   <<


chamadas

Matéria 2882, publicada em 06/10/2006.


:Eva Croll

Thiago elogiou a estrutura da unidade Saguaçu

Encanto pelo turismo

Jouber Castro


“Bem legal”. Foi assim que o estudante Thiago dos Santos, de 16 anos, definiu as instalações da unidade Saguaçu, durante a visita do 3º ano da E. E. B. Profª Juraci Maria Brosig. A estrutura dos cursos de nutrição, turismo e educação física esteve à disposição dos visitantes, que são guiados por bolsistas e recebem orientação dos professores, com conversas e minipalestras.

No laboratório de ciências, que serve ao ensino fundamental e ao curso de Nutrição, Thiago acompanhava sem muita empolgação as explicações no ambiente de cartazes com o corpo humano e odor forte, característico de laboratórios. “Eu até gostei”, disse Thiago, em direção ao ginásio poliesportivo, “mas não tenho grana”. Talvez por essa desesperança, o que mais chamou a atenção do estudante ao lado das quadras não foi a explicação do professor de educação física sobre o funcionamento do curso, e sim a correria das crianças na aula que ocorria ao lado. No piso superior, o corredor estreito que liga o laboratório de fisiologia à sala de análise em vídeo foi percorrido pelo rapaz de bermuda largas e boné rosa num passo lento e desinteressado. Na última sala, a explicação também não foi o alvo principal do disperso Thiago. As imagens de jogos de futebol projetadas na parede mereceram mais atenção que a discussão sobre o preço das mensalidades, acompanhada pelos seus colegas.

Durante a jornada, Thiago manifestou a sua preferência pelo turismo: “Não me interesso pelos cursos lá do centro, eu gosto de viagem!”. Isso ficou claro quando o grupo chegou ao Centro de Integração, instalado no Rancho do Tio Tito. Toda a atenção economizada no resto do percurso foi aplicada nas barracas, folders e cartazes do curso de turismo. Na minipalestra sobre ecoturismo, os estudantes puderam acomodar-se em colchões e assistir a mais imagens projetadas. Thiago deitou-se no colo de uma das colegas e admirou as paredes de madeira do ambiente rústico. Em seguida, o ponto alto da visita. Enquanto um instrutor do parque Unipraias explicava como seria a sua descida de rappel de uma das árvores do arborizado pátio, Thiago deixou escapar o primeiro sorriso de todo o caminho. “Eu desceria”, disse ele, admirando os mosquetões e freios.

O fim do passeio tornou-se parecido com o início. Quando Thiago e sua turma retornaram ao roteiro de Educação Física, nas piscinas e na academia, a expressão desinteressada retornou ao rosto do estudante. O último lampejo foi a brincadeira de fazer de conta que se jogaria na piscina, aos risos dos colegas que abandonavam o complexo.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.