Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Sábado, 04 de dezembro de 2021 - 06h12min   <<


chamadas

Matéria 2464, publicada em 22/08/2006.


Morte de assessor da Câmara cancela atividades legislativas

Tiago Luis Pereira


A morte do arquiteto Rui Borba, que assessorava a Câmara de Vereadores de Joinville na discussão do Plano Diretor, levou a direção da casa a cancelar todas as atividades legislativas programadas para esta terça-feira, 22 de agosto. Com isso, a audiência pública sobre o papel do radiojornalismo foi adiada. A direção do curso de comunicação social do Ielusc tentará agendar nova data para setembro.

Rui, que tinha 61 anos e atuava como assessor urbanístico da CVJ desde 1979, teve um ataque cardíaco fulminante na tarde do dia 21 de agosto, no apartamento onde morava sozinho. Seu corpo foi encontrado à noite, por um amigo. Era baiano, pai de dois filhos e praticante assíduo de natação, chegando a ser três vezes campeão estadual na categoria máster. Rui auxiliava a reforma do Plano Diretor da cidade e, segundo colegas de trabalho, fará muita falta devido ao seu conhecimento em arquitetura e urbanismo.

CONVERSA COM PRESIDENTE DA FENAJ

Para aproveitar a presença em Joinville do presidente da Fenaj, Sérgio Murillo, que veio para a audiência pública, o curso de jornalismo do Ielusc programou um bate-papo com ele esta noite, no anfiteatro. O veto de Lula à regulamentação profissional, o Congresso dos Jornalistas e a questão do estágio, entre outros assuntos referentes à profissão, serão a pauta da conversa, que inicia às 19 horas.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.