Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Terça-feira, 30 de novembro de 2021 - 06h11min   <<


chamadas

Matéria 2428, publicada em 11/08/2006.


:Divulgação

AEP recebe troféu da Maternidade Darcy Vargas

Maternidade de SC é a única com material de campanha de aleitamento

Bruna Nicolao

A campanha de divulgação da Semana Mundial de Aleitamento Materno para a Maternidade Darcy Vargas, desenvolvida pela Agência Experimental de Publicidade do Ielusc (AEP), recebeu homenagens públicas e oficiais na abertura do evento que ocorreu dia 1º a 7 de agosto. A maternidade foi o único banco de leite do Brasil a apresentar material de divulgação do evento para o Ministério da Saúde, com a chamada “A amamentação como direito da criança” e o slogan “Amamente, doe leite”, criados pela AEP.

O tema nacional neste ano é “Amamentação. Garantir este direito é responsabilidade de todos”. No Brasil, o tema tem esse enfoque devido à lei nº 11.265, estabelecida em janeiro de 2006. A lei tem por objetivo proteger a amamentação, regulamentar o comércio e a publicidade de leite artificial, chupetas, bicos e mamadeiras, e estimular a amamentação nos primeiros seis meses de idade.

O objetivo da campanha, além de incentivar e promover o aleitamento materno, é fazer com que a população tome conhecimento dessa nova lei. O plano de estratégia, criado em 15 dias pela AEP, constou em cartazes A3, indoor para ônibus, spot de 30 segundos veiculado na rádio Transamérica, folder, busdoor, banner e camiseta. A equipe é formada pelos acadêmicos do curso de publicidade Denise Silva (Planejamento), Larissa Hartenthal (Atendimento), Lucas Vieira, Letícia Soares e Raquel Lemos (Criação), orientados pelos professores Dicezar Leandro e Vinicios Neves.

Desde 2003 a AEP mantém parceria com a Maternidade Darcy Vargas. De lá para cá, o planejamento e estratégias estabelecidos para a campanha de aleitamento tem se aprimorado. Em 2006, a equipe pôde contar com a Aragão Bus Mídia Exterior e a rádio Transamérica, como apoio na divulgação. Todo o trabalho de criação foi fornecido gratuitamente à maternidade, incumbindo-se esta com o custo de produção.

A maternidade é o único cliente de ação governamental no qual a AEP trabalha. “É responsabilidade do governo pagar. Não concordo muito”, ressalta Dicezar. O professor lamenta a escassez de verbas para as campanhas. “É tão carente, que agências com fins lucrativos acabam fazendo de graça”, finaliza.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.