Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Sexta-feira, 19 de julho de 2024 - 09h07min   <<


chamadas

Matéria 1171, publicada em 31/05/2005.


A batida que revolucionou a música brasileira

Pricilla Back

Em abril de 1958 chegou às lojas o disco Canção do Amor Demais, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, interpretado por Elizeth Cardoso. Ainda bastante influenciado pelo samba-canção, o disco trazia em duas faixas, Chega de Saudade e Outra Vez, os acordes que marcaram o estilo denominado bossa nova. Os acordes “dissonantes”, como ficaram conhecidos, tinham uma grande influência do jazz americano. A nova batida foi propiciada pelo então desconhecido cantor e compositor João Gilberto, nos arranjos feitos por ele nessas duas faixas do disco. Nesse jeito diferente de tocar, muitas vezes os acordes do violão não coincidiam com o ritmo da voz; parecendo ora adiantado, ora atrasado. Para muitos, porém, o início da bossa nova foi marcado com o disco 78 rpm do próprio João Gilberto, que trazia as músicas Chega de Saudade e Bim Bom, a última, composição própria. João gravou as músicas do violão em compasso 4/4, enquanto os sambas tinham batida 2/4.

O novo estilo ficou conhecido por suas batidas com compasso diferente no violão, e a voz cantada quase como um sussurro, contrapondo-se à maneira de cantar “operística” adotada pelos cantores da época. Na bossa nova o cantor era apenas um co-participante. Cantava-se de maneira “cool”, ou seja, sem exageros ou estrelismos. A música ganhou um ar mais intimista. A bossa também trouxe novos temas. Os intérpretes deram um “basta” às músicas melodramáticas. Diversos cantores americanos gravaram músicas feitas nesse período, entre eles um astro da música mundial, Frank Sinatra. Garota de Ipanema, gravada por João Gilberto, ficou conhecida em todo o mundo. A bossa nova foi criada por jovens da classe média, ao contrário do choro, por exemplo, que era um ritmo popular. Esses jovens se reuniam na casa de Vinícius de Moraes e da cantora Nara Leão. Faziam sessões de música chamada por eles de samba sessions.

João Gilberto se tornou o principal ícone da bossa nova. Aquela voz baixinha acompanhada da estranha batida transformou a MPB. João, porém não foi o único representante desse estilo, foram apontados como antecessores dele o pianista Johnny Alf, o cantor Tito Madi, a cantora Sylvia Telles e o próprioTom Jobim. A bossa nova também não era feita somente de voz baixa e violão, era cantar a alegria, o dia, a praia, o amor bem resolvido. O lema da bossa nova era “o amor, o sorriso e a flor”.

O ápice do movimento ocorreu em 1962, quando diversos cantores da bossa nova se apresentaram num show em Nova York. O espetáculo foi realizado no Carnegie Hall, e partir daí o estilo se tornou um divisor de águas na história da música popular brasileira. Participaram do show Tom Jobim, João Gilberto, Sérgio Mendes, Carlos Lyra, Almir Deodato, Baden Powel, entre outros. A partir desse show que foi denominado, “Bossa Nova – New Brazilian Jazz”, o mercado internacional se abriu para os cantores brasileiros. Isso também beneficiou os cantores da geração posterior à bossa nova. Depois desse ainda aconteceram mais dois: um no Greenwich Village (Nova York) e outro no Lisner Auditorium (Washigton), esse com a presença do então presidente dos Estados Unidos, John Kennedy.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.