Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Terça-feira, 07 de dezembro de 2021 - 12h12min   <<


chamadas

Matéria 1059, publicada em 11/04/2005.


:Jessé Giotti

Larangeira é o mais novo doutor do Ielusc

Jessé Giotti

Na tarde do último 31 de março, no prédio da PUC de Porto Alegre, o professor de redação jornalística Álvaro Nunes Laranjeira defendeu tese de doutorado em comunicação social, tornando-se o mais novo professor-doutor do Ielusc. Álvaro desenvolveu seu trabalho a partir do que ele chamou de “comunicação monoteísta”. Abordou a relação do PT com seus militantes e do jornal Zero Hora com seus leitores. “Trabalhei com autores que pensaram o sagrado e o profano, numa aproximação”, explica Álvaro Larangeira.

O título da tese, “A dialógica dos contraditórios na construção da comunicação monoteísta: estudo de caso da relação, atração, repulsão entre o partido dos trabalhadores e a Rede Brasil Sul”, dá a dimensão de seu trabalho. O autor contou que a idéia surgiu em um dia em que caminhava pelas ruas de Porto Alegre e deparou-se com um amigo militando pelo PT. “Estava um dia muito quente, mês de setembro de 2000, todos os militantes dos outros partidos estavam sob alguma sombra, e só o cara lá, no sol. Isso é religioso, pensei”. A partir daí Álvaro observou as relações do partido com seus militantes e do jornal com seus leitores. Comparou-as a rituais litúrgicos. Para Álvaro, tanto o jornal quanto o partido advogam a verdade para si. Um dos principais autores utilizados em sua pesquisa foi Edgar Morin, pensador francês que resgatou a teoria da complexidade.

Titulações

Hoje o curso de comunicação social conta com 38 docentes em seu quadro. Entre eles estão quatro doutores e quatro doutorandos, que correspondem a 21% do total de docentes; dez mestres e oito mestrandos (47%); oito especialistas (21%) e quatro graduados (11%). A instituição conta com 64% professores que moram fora da cidade. O coordenador do curso de comunicação social, Samuel Pantoja Lima, disse que ainda este ano, dois mestrandos e dois doutorandos concluirão suas pesquisas. “Isso que dizer que logo teremos seis doutores e doze mestres em nosso quadro docente”, informou Samuel. A instituição pretende lançar, ainda este ano, um curso de pós-graduação em comunicação.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.