Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Quarta-feira, 19 de junho de 2024 - 02h06min   <<


chamadas

Matéria 0589, publicada em 31/03/2004.


Estágio em Jornalismo do Ielusc pode ser referência nacional

Cleide Carvalho

O estágio dos acadêmicos de Jornalismo do Bom Jesus/Ielusc no jornal A Notícia, maior de Joinville, é considerado exemplo para diversas faculdades do Estado, inclusive para a Universidade Federal de Santa Catarina, que mantém o curso mais antigo. “O modo como a iniciativa foi estruturada no A Notícia, resultou numa experiência positiva para a empresa, instituição e alunos, que têm dado contribuições importantes para a equipe do jornal”, afirma o Diretor do Curso de Comunicação Social, Professor Doutor Jacques Mick. A idéia partiu do Ielusc e tem apoio e acompanhamento do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina.

Em 1979, o governo federal proibiu os estágios em Jornalismo em todo o território nacional. A alegação, na época, era que o estágio promovia a exploração do trabalho de estudantes. Em maio, a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) vai discutir uma proposta de estágio, a partir das diversas experiências em andamento no país, incluindo a do Bom Jesus/Ielusc..

O diretor do Curso de Comunicação Social do Bom Jesus Ielusc afirma que a remuneração para os estagiários do Jornal A Notícia equivale a 80% do piso salarial, atualmente R$ 696,00. Silvio Melatti, supervisor do estágio no A Notícia, diz que o programa de estágio é uma iniciativa bem-sucedida. “Os repórteres se sentem mais estimulados a melhorar para não serem substituídos. Possibilita a interação entre acadêmicos e veteranos, além de podermos contar com eles para qualquer editoria, trazendo assim uma dinâmica”, diz.

Segundo Jacques Mick, os estagiários terão uma reunião por mês para analisar o andamento do processo com o supervisor. Desses encontros, resultarão relatórios escritos para formalizar as avaliações e sugestões, as quais serão discutidas entre as partes. Haverá controle sobre a jornada de trabalho, que não poderá passar de cinco horas. Está em estudos a ampliação do estágio para as áreas de fotografia e diagramação.

Josi Tromm, já formada, participou do estágio desde setembro de 2002 com Martín Fernandez. Ela ficou seis meses e foi efetivada. Martín, formando, ficou um ano e também é efetivo. Atualmente, outra dupla está na redação do jornal: Manoel Francisco Schlindwein e Sabrina Passos, ambos do sétimo período de Jornalismo. “Aprendi muito nesses pouco mais de seis meses aqui no jornal. Lidar com fontes truculentas, com deadlines apertados e com situações inusitadas virou praticamente uma rotina”, afirma Manoel.

Para participar do processo de seleção ao estágio, os acadêmicos já devem ter cursado no mínimo 30 disciplinas, sendo duas de Redação Jornalística. O contrato é de seis meses podendo ser renovável por outros seis meses.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.