Revi Bom Jesus/Ielusc

>>  Joinville - Sábado, 15 de junho de 2024 - 02h06min   <<


chamadas

Matéria 0105, publicada em 14/08/2003.


:Betina Weber

Bolsistas se revezam para obter melhores resultados

AEP contribui com trabalhos sociais

BLPW

Doar o serviço. É assim que a Agência Experimental de Propaganda (AEP) do Bom Jesus/Ielusc define sua função. Atualmente seis “jobs” estão em andamento, entre eles, a publicidade da Semana Mundial de Aleitamento Materno da Maternidade Darcy Vargas e a logomarca, folder e layout do site do Lar João de Paula.

Em apenas seis meses, mais de 25 trabalhos foram realizados para empresas sem fins lucrativos, organizações não governamentais (ONGs), projetos sociais e desenvolvidos para a própria instituição.

Para atender à comunidade, o serviço da agência experimental transcorre nos setores de atendimento, planejamento e criação, contando para isso com quatro bolsistas: Gisely Bileski, Fabíola B. Cruz, Fernanda Sponchiado e Francine Bueno, além dos professores orientadores Álvaro Dias, Dicézar Oscar Leandro Júnior e Pedro Ramirez.

“Já aconteceu de empresas que tinham plenas condições de pagar pelo trabalho nos procurar, entretanto não aceitamos as propostas”, explica o professor Ramirez enfatizando o caráter social dos serviços.

Segundo a bolsista Fabíola B. Cruz é interessante trabalhar na Agência Experimental de Propaganda do Bom Jesus/Ielusc porque os bolsistas atuam diretamente com o cliente, enquanto na maioria das outras agências o cargo de estagiário reduz-se a atender telefonemas.

A AEP começou a funcionar no dia 28 de setembro de 1998 com a professora, atual coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda, Mérli Leal. De lá pra cá, o objetivo de inserir os acadêmicos-bolsistas antecipadamente no mercado de trabalho, saindo da teoria e aplicando-a na prática, foi mantido. Porém, algumas preocupações de caráter pedagógico foram substituídas por questões mercadológicas.

Além das quatro bolsistas, outros acadêmicos poderão participar da agência durante 15 dias através da Oficina de Criação. Interessados podem entrar em contato através do telefone 4330155 no ramal 239.

800x600. ©2005 Agência Experimental de Jornalismo/Revi & Secord/Rede Bonja.